Social Network

Powered by Google Translator
Powered by Google Translator

Comunicado Balestro sobre a Greve dos Caminhoneiros [Atualizado]

greve-blog

 

Atualização (30/05/2018):

Em complemento ao aviso de 28/05/18, a indústria Eletromecânica BALESTRO Ltda., utilizando de total transparência com seus clientes, vem notificar a todos os interessados, como estamos tratando na presente data o tema do protesto dos caminhoneiros em território nacional, inicializado no dia 21/05/2018.

É de conhecimento geral e de ampla cobertura da mídia brasileira que tal evento comprometeu toda a cadeia produtiva nacional. Até a presente data, chegou-nos através da imprensa que as estradas estão sendo liberadas aos poucos, sem data que elas estejam totalmente livres. As estradas que interligam nossas fábricas até a cidade de São Paulo estão livres, havendo ainda fortes manifestações nas estradas que possuem saída para outros Estados.

Há também informação na mídia, que para restabelecer os níveis de combustível nos postos de combustíveis brasileiros, levará de 5 a 10 dias a partir de hoje. As transportadoras com as quais trabalhamos têm nos passado o panorama das estradas periodicamente de forma a termos um melhor monitoramento da situação. Lembramos que o problema não se resume em somente a transporte, mas também no abastecimento de matéria-prima (MP) e insumos industriais (II) para todos os fabricantes na cadeia produtiva. Nossos insumos industriais mínimos necessários para nossa produção já não existem em nossas unidades desde o dia 28/05/18 e elencamos então tais insumos industriais e onde eles afetam nossa produção:

comunicado-30-05

Temos MP parada no porto de Santos, sem data para liberação, uma vez que os estivadores e petroleiros encontram-se em movimentação de greve.

Nossos fornecedores nacionais também se encontram com os mesmos problemas por nós elencados. Dentro da cadeia produtiva, nosso fornecedor precisa receber seus IIs e MPs, efetuar o processo de transformação para posteriormente nos entregar para iniciarmos nossa produção.

Acreditamos que retomaremos nossas atividades conforme datas previstas abaixo, que serão revisadas constantemente até que façamos um comunicado final de pleno restabelecimento de produção. As entregas dos meses seguintes também podem ser comprometidas devido ao efeito cascata.

comunicado-30-05-2

Frisamos mais uma vez que, os fatos estão sendo causados por motivos de força maior, que fogem ao nosso controle e impossibilitam atender as obrigações contratuais, gerando tais atrasos e não devem ensejar sanções punitivas com aplicação de penalidades, conforme disposto no Artigo 393 do Código Civil Brasileiro, bem como a BALESTRO não é legalmente responsável por qualquer tipo de perda ou dano causado pelos fatos de força maior e/ou possível desordem civil subsequente.

Estamos à disposição para esclarecer eventuais dúvidas através dos nossos telefones +55 (19) 3814-9000/3511-9000, e havendo qualquer alteração no cenário, apresentaremos novo comunicado.

Mogi Mirim, 30 de maio de 2018

Indústria Eletromecânica Balestro Ltda


 

A indústria Eletromecânica BALESTRO Ltda. informa a todos os seus clientes o protesto dos caminhoneiros em território nacional desde o dia 21/05/2018 afetou diretamente nossa fabricação e entrega de nossos produtos.

A paralisação dos transportes, bloqueio de estradas, acessos a portos e retenção das mercadorias nas estradas desde a data acima citada, trouxeram impactos diretos a nossas entregas, bem como ao nosso suprimento de matéria-prima e insumos industriais, levando com que nossas linhas de produção sejam paralisadas a partir da presente data.

Uma vez que os atrasos momentâneos nas entregas dos nossos produtos, bem como nas entregas futuras até que todo o sistema se normalize, estão sendo causados por motivos de força maior, que fogem ao nosso controle e impossibilitam atender às obrigações contratuais, evidenciamos a nossos clientes que tais atrasos não devem ensejar sanções punitivas com aplicação de penalidades, conforme disposto no Artigo 393 do Código Civil Brasileiro.

Importante ainda salientar, que a BALESTRO não é legalmente responsável por qualquer tipo de perda ou dano causado por este evento de força maior e/ou possível desordem civil subsequente.

Estaremos envidando nossos melhores esforços para atenuar as repercussões ocasionadas pelos eventos de força maior, tentando minimizar os impactos na execução contratual.

Estamos à disposição para esclarecer eventuais dúvidas através dos nossos telefones +55 (19) 3814-9000 ou 3511-9000 e, havendo qualquer alteração no cenário, apresentaremos novo comunicado.

 

 

Mogi Mirim, 28 de maio de 2018

Indústria Eletromecânica Balestro Ltda

LEAVE A REPLY